AGCPERA

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Informação da CPCJ à Comunidade Escolar

A toda a Comunidade Educativa

Nos últimos anos, a nossa sociedade tem vindo a ser confrontada com situações de maus-tratos que nos têm chocado a todos.

Esta problemática é inquietante, se atendermos aos efeitos devastadores desses tipos de maus - tratos nas crianças e jovens. Todos somos responsáveis pelo bem - estar das nossas crianças e jovens, e, é nesse sentido, que urge estar informado e agir para que todas elas recebam os cuidados a que têm direito.

Chama-se particular atenção, para a Lei nº 147/99, Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo, de 1 de setembro, em vigor desde janeiro de 2001 e para o Guia de Orientação para os Profissionais de Educação (na abordagem de situações de maus tratos ou outras situações de perigo), cujos links ficarão disponíveis na página Web do Agrupamento.

Para qualquer esclarecimento, contactar a Representante da Educação na CPCJ.

Lei nº147/99

Guia para os Profissionais da Educação

 

Projeto Key for Schools PORTUGAL.

 

O Key for Schools PORTUGAL é um projeto que tem como principal objetivo a aplicação nos estabelecimentos de ensino de um teste de língua inglesa concebido pelo Cambridge English Language Assessment, entidade da Universidade de Cambridge responsável pelo desenvolvimento de instrumentos de avaliação no domínio da língua inglesa. Através da realização deste teste pode ainda ser obtido um certificado da Universidade de Cambridge. O teste permite certificar níveis de proficiência linguística de A1 (utilizador elementar) a B1 (utilizador experiente), em função do resultado obtido por cada aluno. O projeto Key for Schools PORTUGAL visa também contribuir para o reconhecimento da sociedade portuguesa da importância que a aprendizagem de uma segunda língua representa para o desenvolvimento cognitivo de cada criança e jovem, processo que se reflete positivamente na qualidade da aprendizagem desenvolvida em torno de qualquer área do saber. O projeto tem início no corrente ano letivo, no âmbito do definido no despacho n.º 11838-A/2013, de 10 de setembro.

Vantagens para os alunos e para os professores
O teste Key for Schools, que avalia os conhecimentos e as capacidades de cada aluno, permite obter informação sobre a qualidade da aprendizagem realizada e, assim, agir no sentido de criar as condições para uma progressiva elevação do nível de proficiência linguística de todos os alunos em Portugal.
O teste Key for Schools avalia os domínios da leitura, da escrita, da compreensão e da produção oral. A sua aplicação constitui também a oportunidade para revalorizar nas escolas portuguesas o papel da comunicação oral em contexto de avaliação externa à escala nacional, vertente essencial no processo de aprendizagem das línguas estrangeiras.
Com a aplicação do teste Key for Schools serão igualmente implementados programas de formação de professores de Inglês ministrados pelo Cambridge English. Estes programas, que incluem a necessária certificação de todos os professores que irão classificar a componente escrita e a componente oral do teste, constituem uma oportunidade para o desenvolvimento profissional destes docentes.

Destinatários do teste Key for Schools 2013/2014 e processo de certificação
O teste Key for Schools será aplicado, com carácter obrigatório, aos alunos a frequentar o 9.º de escolaridade nos estabelecimentos do ensino público, particular e cooperativo. Pode ainda ser realizado opcionalmente por alunos com idades compreendidas entre os 11 e os 17 anos a frequentar outros níveis de escolaridade que o solicitem (6.º, 7.º, 8.º, 10.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade).

A inscrição para a obtenção do certificado é:

  • opcional para os alunos a frequentar o 9.º ano de escolaridade
  • obrigatória para os restantes alunos que pretendam realizar a prova
  • A inscrição decorre de 12 a 24 de fevereiro de 2014 e será efetuada em plataforma eletrónica específica, a disponibilizar brevemente na página eletrónica do Projeto Key for Schools.

O certificado é disponibilizado mediante o pagamento de 25€, sendo gratuito para os alunos abrangidos pela ação social escolar integrados no escalão A e reduzido em 50% para os alunos integrados no escalão B.

O resultado do teste apresenta uma informação global quantitativa, numa escala de 0 a 100, e uma informação qualitativa, por domínio. O teste permite certificar o nível de proficiência linguística de acordo com o resultado:

B1 (90 -100%) – Utilizador independente

A2 (70 – 89%) – Utilizador elementar avançado

A1 (45 – 69%) – Utilizador elementar

A data prevista de realização da parte escrita: 30 de abril de 2014 (14:00 h – 15:45 h)

  • Compreensão da leitura e expressão escrita (reading, writing) - 1 hora e 10 minutos
  • Compreensão do oral (listening) - 30 minutos
  • Total (com intervalo de 5 minutos) 105 minutos

As provas orais (speaking) decorrerão de 10 de março a 16 de maio

  • Duração de cada prova oral, realizada em pares, de 8 a 10 minutos

Relativamente à divulgação de resultados do teste, os resultados por aluno estarão acessíveis através de plataforma própria do Cambridge English Language Assessment (CELA). Os resultados por aluno e por escola estarão acessíveis na Extranet do IAVE ou na página específica do projeto. O Cambridge English Language Assessment realizará o estudo de impacto da aplicação do projeto.

 

Mais informações em:

http://www.keyforschools.iave.pt/

http://www.gave.min-edu.pt/np3content/?newsId=515&fileName=KfS_IAVE_dez2013_VF.pdf

http://www.gave.min-edu.pt/np3/515.html

http://esen.pt/in/images/docs/informacao%20iave%20-%20key%20for%20schools.pdf

http://www.dge.mec.pt/ensinobasico/index.php?s=directorio&pid=88

 

Quadro de Mérito e Valor Excelência

 

 

 

 


Page 56 of 59